ADQUIRA MEU NOVO LIVRO!

Compre aqui o livro 'A Menina que nasceu Poesia'

domingo, 15 de maio de 2016

DORME TEU SONO


Dorme teu sono, pequenina princesa
Adormece ao tilintar de estrelas
Na tua face a lua exalta-te a nobreza
Que à noite vem, pra em seu manto envolvê-la

Dorme teu sono, que eu cá vigio
Teu doce sonho, afugentando assombração
Sou a cortina que te protege do frio
O cobertor que embala teu coração

Dorme teu sono, que o dia a espera
Num descortinar da mais vibrante vida
Quisera eu ser teu sol, quisera
Pra recebê-la em sua nova lida

Dorme teu sono, mulher-ternura
Sonha teu sonho de uma amanhã de paz
Que ao cerrar dos cílios se refaz
Escondendo neles todas as agruras

E quando enfim o dia despontar
Erga-te, pronta para um novo viver
Os pássaros, as nuvens, o Sol estarão lá
De prontidão pra aplaudirem você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário